Em ano difícil para economia, mercado imobiliário cresce em vendas e bate recorde de financiamentos – SBR Empreendimentos

Em ano difícil para economia, mercado imobiliário cresce em vendas e bate recorde de financiamentos

“De todos os lugares, nenhum alcançou tamanha relevância em 2020 quanto a casa. Antes quase um espaço de pouso, ela se tornou sinônimo de segurança e retomou seu papel como fonte de qualidade vida em tempos em que o isolamento social ainda é realidade. Esta busca por mais bem-estar no espaço privado, inclusive, é um dos fatores que ajudam a explicar a alta nas vendas de imóveis novos no Brasil mesmo diante de um cenário econômico ainda preocupante, com previsão de PIB (Produto Interno Bruto) negativo para o ano em 4,55%, apenas para citar um exemplo.

Nos primeiros nove meses de 2020, 128.849 novos apartamentos foram comercializados no país, número 8,4% maior do que o registrado no mesmo período do ano passado. Quando se analisam apenas os dados do terceiro trimestre, que somou 54.307 unidades negociadas, a alta é de 23,7% no comparativo com os iguais meses de 2019 e de 57,5% em relação ao segundo trimestre de 2020. Os dados são do estudo Indicadores Imobiliários Nacionais do 3º trimestre de 2020, realizado pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) e pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai Nacional), em parceria com a Brain Inteligência Estratégica, e apresentado nesta segunda-feira (23).

“A pandemia trouxe uma valorização muito grande do lar, da casa, da família, das pessoas e desse bem. O que temos como a razão principal de todo esse aquecimento é isso. E, logicamente, a redução da taxa de juros”, constata o presidente da CBIC, José Carlos Martins, ao fazer referência aos atuais 2% da taxa Selic, que deverá ser mantido até o fim de 2020 conforme projeção do Relatório de Mercado Focus, divulgado nesta segunda-feira (23) pelo Banco Central.

O porcentual torna atrativa (e possível para muitas famílias) a contratação do financiamento imobiliário, que também tem crescido de forma constante. Só no último mês de setembro, os valores financiados somaram R$ 12,91 bilhões, 10,2% a mais em relação ao mês anterior e 70,1% superiores aos registrados no mesmo mês do ano passado. O montante é recorde, em termos nominais, na série histórica divulgada pela Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip), iniciada em julho de 1994, que tem como base os financiamentos obtidos com recursos das cadernetas do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE).

Nos primeiros nove meses de 2020, o acumulado também é de alta com um total de R$ 78,8 bilhões em empréstimos destinados à aquisição e construção de imóveis, 44% a mais frente aos R$ 54,72 bilhões registrados entre janeiro e setembro de 2019. Aquele valor corresponde a um total de 279,1 mil unidades, 34,4% a mais do que no igual período do ano passado.

Apetite

A alta nas vendas não é sinônimo de satisfação do apetite de compra por parte de quem sonha com a casa própria ou em fazer um up grade de imóvel. A intenção de adquirir o bem cresceu 15% no mês de outubro e é manifestada por 46% dos 1,4 mil entrevistados pela pesquisa, ante os 40% registrados em agosto – dado anterior ao deste último levantamento. O porcentual também é superior, inclusive, aos 43% das pessoas que diziam ter o desejo de comprar um imóvel antes da chegada do novo coronavírus ao Brasil e 130% superior aos 20% registrados em abril deste ano, pior desempenho do indicador durante a pandemia e tido como porcentual basal para o setor.

“Dos 46% de pessoas que querem comprar imóveis, 13% já estão pesquisando, sendo que o [indicador médio] desta parcela é 8%. Mais de pessoas do que o normal estão efetivamente procurando um imóvel, trocando informações com imobiliárias ou incorporadoras. [Este comprador] não está passivo, apenas olhando o imóvel pela internet. Ele está no processo de busca ativa do bem, e isso é muito importante”, acrescenta Fábio Tadeu Araújo, sócio-diretor da Brain Inteligência Estratégica”

Leia mais em: https://www.gazetadopovo.com.br/haus/mercado-imobiliario/mercado-imobiliario-cresce-vendas-recorde-financiamentos/
Copyright © 2020, Gazeta do Povo. Todos os direitos reservados.

 

Veja também

Notícia não encontrada

Tenho
Interesse


    Este site usa cookies para fornecer a melhor experiência de navegação para você. Para saber mais, basta visitar nossa Política de Privacidade.
    Aceitar cookies Rejeitar cookies